Se está a pensar em ter um animal de estimação: não compre, adopte! 



Se está a pensar ter um animal de estimação em casa, pense antes de tomar a decisão de “compra”, há muito animais abandonados. Todos os dias temos conhecimento de histórias violentas e dramáticas com animais que sem culpa são sujeitos a enormes crueldades.

Os animais comprados em lojas são por norma provenientes de criadores. O tratamento prestado com as fêmeas, ou seja, as mães dos filhotes, é extremamente cruel, visto que metade da vida destas é procriar. Este não é o negócio diferente dos outros, o desenvolvimento do monopólio é gerido através da produção, e neste caso a mesma passa por números irrisórios de procriação por parte das fêmeas.

Mas isso não são só as fêmeas que sofrem de um tratamento cruel, os filhotes que nascem sem “qualidade” dadas como referentes das diferentes raças, são sacrificados ou abandonados.

Cada vez há mais animais abandonados, principalmente cães, os motivos do abandono são diversos. Mas normalmente, são animais que foram “descartados” porque já não são pequenos e engraçados, ou até mesmo porque foram maltratados e se encontraram na necessidade de fugir.

Por isso, aceite o nosso conselho: não compre, adote!